20 julho 2010

postal sem selo #40


hoje apetece ir ver-te. ouvir-te e contar-te sobre os desenhos. mas vamos apenas naquilo que podemos.
durante o dia lembro-te; durante a noite falas-me.
se assim for levo-te flores, não as dos portões- que essas são caras. e aí lembro-te ainda mais.
vamos ter uma bela conversa. nunca mais chega a noite.

Sem comentários:

Enviar um comentário