28 abril 2009

postal sem selo #32 (hola)



hola,
obrigada pela carta. espero que me desculpes a ausência. não foram as saudades, nem as noites tem sido mais noite. não. 
este tem estado incomunicável, e só outras letras e cores me consomem. como percebeste também os dezoito. houve, este fim-de-semana uns aqui. encheu-se-me a casa de alegria, mais de trinta alegrias. full house. e a cozinha imparável. congelei arroz de pato para quando chegares.
mil holas para ti. saudades também. aquele abraço, claro!

1 comentário: