16 fevereiro 2009

insónia #38 [literalmente]






'... Pois o homem ama e venera outro homem desde que não o possa julgar, e o desejo é testemunho de um conhecimento imperfeito' ... ' Estava hoje mais belo do que seria possível dizer, e Aschenbach sentiu dolorosamente, com muitas vezes antes, que a palavra pode apenas louvar a beleza sensual, nunca reproduzi-la.'

Sem comentários:

Enviar um comentário