20 janeiro 2009

insónia #37


como se as cores tivessem sido inventadas ontem. tudo do zero, agora não sei. acordo e é já ali ao lado. penso é já a seguir. limbo de ideias. falta-me a coragem do amarelo. o cd brasil que o fatela não lê ia ajudar à extravagância de ideias que então só posso controlar quando venho até aqui. as imagens pequenas demais. faltou-me o agosto. sinto-o. chegas do trabalho, agora menos tarde, e perguntas porque não sei- mistura-se tudo na minha cabeça como se a culpa da transferência de imagens do pc para este novo lindo branco. obrigada. já to disse? não. não te troquei. nem nunca te trocarei por tintas nem por este. porque preciso que me perguntes isso quando chegas a casa. mesmo que te responda com um grunhido. 

Sem comentários:

Enviar um comentário