16 fevereiro 2007

nota de rodapé





daqui a uns dias estará de volta. não porque a terra que fica além rio não desse. é mais fácil desse lado para ela, como para ele é mais fácil do outro. e quase toda a gente quer o mais fácil mas ela não e por isso ficava sempre à janela quando ouvia o barulho do carro. e deixava os sapatos à porta quando à saida do elevador cheirava a comida e não era um jantar surpresa mas apenas o vizinho que deu uma festa de arromba e resolveu fazer carne assada com puré para o jantar. porque toda a gente gosta de carne assada e puré e ela não é diferente dos outros fáceis de agradar. disse não ao barulho do carro que não era o dele e ao cheiro a carne assada com puré dos vizinhos.

simplesmente porque é mais fácil. sabe, porém, que do lado por onde volta demorará a recuperar o fácil que, por convicção e determinação, abandonou.

1 comentário: